Climáximo e Greve Climática Estudantil em solidariedade com a população da Bajouca contra a prospecção de gás

A Associação Bajouquense para o Desenvolvimento (Abad Pisão), que vai ser a anfitriã do Camp-in-Gás, foi ao parlamento reunir com o Vice-Presidente da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas e um representante de cada Grupo Parlamentar e nós, juntamente com a Greve Climática Estudantil, estivemos presentes para lhes dar apoio e mostrar a nossa solidariedade!

O Movimento do Centro contra Exploração de Gás e a ABAD foram até ao parlamento para mostrarem novamente a sua oposição aos furos de prospecção de gás e no exterior activistas do Climáximo e da Greve Climática Estudantil estiveram presentes e exibiram faixas mostrando assim a sua solidariedade.

Estes dois contratos ativos para sondagem de gás têm que ser cancelados! Num contexto de crise climática não podemos iniciar novos projectos de combustíveis fósseis e o gás é apenas mais um combustível fóssil, por isso não faz parte da transição justa!

Não vamos deixar furar nem na Bajouca, nem em Aljubarrota!

A partir de dia 17 até 21 de Julho, vai acontecer o primeiro acampamento climático de acção e aí vamos aprofundar laços com a população e enviar um sinal claro à Australis Oil & Gas que não permitiremos que eles furem!

 

#campingas
#By2020WeRiseUp
#2020RebeliónPorElClima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Facebook
Instagram
Flickr
RSS
Vimeo