Reflexão pessoal sobre a Emergência Climática – Margarida Garrido

Como parte da Declaração de Estado de Emergência Climática dentro do Climáximo, decidimos reflectir sobre o que esta declaração significa a nível pessoal. Algumas activistas decidiram partilhar os seus pensamentos e sentimentos publicamente.


A declaração de emergência climática significa, para mim,  um apelo à acção contra as alterações climáticas e por isso decidi aderir à Climáximo, na esperança de ser útil nalgum aspecto. A minha militância em prol, digamos, da “justiça social”, começou nos anos 60 e estendeu-se ao logo de décadas em muitas causas. De um modo geral, a parte da geração em que me incluo, embora sendo anti-capitalista, não parece, ainda,sensibilizada nem mobilizada para as questões climáticas mesmo no caso de pessoas que estão activas noutras frentes de luta. Talvez a Climáximo devesse pensar numa forma de abordagem especifica para os mais de 60 anos, pois, é um facto, que têm conhecimentos e vivências  – e também tempo –  para poderem prestar uma frutuosa colaboração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr