Reflexão pessoal sobre a Emergência Climática – Rui Pacheco

Como parte da Declaração de Estado de Emergência Climática dentro do Climáximo, decidimos reflectir sobre o que esta declaração significa a nível pessoal. Algumas activistas decidiram partilhar os seus pensamentos e sentimentos publicamente.


A Emergência Climática está a ser declarada ao nível de cidades, governos, associações, colectivos; cada um com significados e níveis de acção diferentes. A nível pessoal, declarar Emergênca Climática significa um olhar activo sobre a Crise Ambiental, nas suas vertentes biológica e social, permitindo-me ser alertado, procurando alertar-me, e alertar quem está à minha volta.

Ser alertado, porque a informação já existe. A ciência já existe, a tecnologia de soluções já existe, os difundidores de informação científica e social factual já existem e há que olhar para eles de forma permeável, para que a informação chegue que existe chegue de facto a mim.

Alertar-me, porque a nível pessoal tenho o conhecimento e ferramentas para obter informação fiável de forma autónoma.

Alertar, porque tendo a informação comigo, é minha responsabilidade social fazê-la chegar onde puder e aumentar a consciencialização sobre a problemática da Crise Climática, incentivando a expansão do alerta e mais declarações de Emergência Climática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr