Manifestação: Resgatar o Futuro, Não o Lucro – 6 de Junho

A atual crise do coronavírus veio expor, com ainda mais clareza, as fragilidades do regime social em que vivemos, baseado na desigualdade, na exploração e na opressão. Voltar à normalidade implica voltar à precariedade no trabalho e na vida, significa voltar a invisibilizar todo o trabalho de cuidados que, como vimos, é crucial para a manutenção da sociedade. Voltar à normalidade implica deixar que milhões de pessoas, relegadas para segundo plano com base na sua classe, falta de rendimento, género, etnia ou orientação sexual, permaneçam sem acesso a bens essenciais, como a alimentação, água, energia e habitação. Implica deixar estas pessoas desamparadas, sem qualquer tipo de plano para um futuro digno, empurrando-as para o abismo.

Por rejeitarmos o regresso à normalidade que nos trouxe ao atual estado de degradação da vida, no próximo dia 6 de Junho de 2020, saímos às ruas em manifestação pública, tomando todos os cuidados necessários, uma vez que milhões de pessoas nunca pararam de sair. Saímos à rua pela falta de planos reais para o futuro de todas e todos. Saímos porque vivemos outras crises, como a crise climática, que se agrava todos os dias e precipitará tantas outras crises económicas, sociais e sanitárias. Saímos para dizer que não basta que nos digam que não vem aí mais austeridade, precisamos de um novo projeto, um novo caminho. Saímos para dizer que não basta que nos digam que não vem aí mais austeridade, precisamos de um novo projeto, um novo caminho. Dia 6 de Junho manifestamo-nos para exigir a reconfiguração da economia para o cuidado da vida, uma transição energética justa, o repúdio da dívida, um plano massivo de empregos públicos com direitos, bem como a gratuitidade e universalização do acesso à saúde e ao ensino; e a garantia do acesso à alimentação, à habitação, à energia e a condições de trabalho dignas e igualitárias, resgatando as pessoas, e não os lucros.

No próximo dia 6 de Junho ocupamos as ruas pela democracia, para contestar os rumos e a falta de rumos impostos, e pelo nosso futuro coletivo. Não ficaremos a assistir à história. Dia 6 lava as mãos, põe a tua máscara e junta-te à luta!

Para saber mais e consultar o manifesto e a lista atualizada dos subscritores, visita o website: https://resgatarofuturo.pt

Evento de Facebook: https://www.facebook.com/events/895749954222355/

One thought on “Manifestação: Resgatar o Futuro, Não o Lucro – 6 de Junho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr