Chegou a altura da SHELL passar à história

Todos os anos, os acionistas da SHELL encontram-se em Haia para a Assembleia-Geral (AG).

A AG é o espaço em que a Companhia cumpre os seus deveres legais: aprovar o Relatório Anual e discutir os planos para o ano seguinte. Este é o lugar onde abertamente decidem continuar com o seu destrutivo “business-as-usual”.

No meio de uma emergência climática, a última coisa de que precisamos é que os acionistas presentes numa reunião deste gigante do petróleo discutam sobre como maximizar os seus lucros.

Não precisamos de dizer mais nada!
Que esta Assembleia-Geral seja a última a ser realizada!
Vamos fazer de 2020 o primeiro ano sem a AG da SHELL!

Não estás em Haia para participar na manifestação na porta do Shell no dia 19?  Então junta-te a nós numa manifestação online!


A SHELL está a cair! A companhia produziu perdas extraordinárias e apenas sobrevive com dinheiro emprestado e engenharia financeira duvidosa.
Ainda assim, a companhia continua com o seu “business-as-usual”, distribuído dividendos pelos seus acionistas.

Não há futuro com a SHELL. Esta é a altura certa para pôr a companhia sob controle democrático e público para que seja desmantelada como deve ser.
As nossas reivindicações são:

  • Desmantelar a SHELL por todos os meios legais, económicos e políticos necessários;
  • Providenciar uma justa transição para os trabalhadores da indústria fóssil;
  • Assegurar compensações para as comunidades e ecossistemas impactados;
  • Construir uma Energia Democrática descentralizada e socializada para todas as pessoas.

O Que Vai Acontecer?

Dia 16 de Maio, das 18:20 às 20h30 (hora de Portugal Continental)
FUTURE BEYOND SHELL apresenta: FUTURE BEYOND CRISIS

Dia 19 de Maio, das 9h00 às 10h30 (hora de Portugal Continental)
Acção durante a Assembleia-Geral de Acionistas da SHELL


FUTURE BEYOND SHELL apresenta: FUTURE BEYOND CRISIS

Junta-te a nós para imaginar e manifestar um Futuro além das Crises.

Como podemos apoiar agora as comunidades, movimentos sociais, sectores e indústrias para o futuro que queremos?

Embora catastrófica, a crise do Coronavírus também quebrou a normalidade e é, portanto, uma oportunidade. O planeta está e tem estado em crise. Numa crise, de facto, nenhum problema se encontra isolado. Vidas, meios de subsistência, terra e natureza são sacrificados para o lucro corporativo. Aqueles que já eram os mais vulneráveis são novamente os mais atingidos. E enquanto multinacionais corporativas como a SHELL se esforçam para lucrar com esta crise e os governos se vergam às suas exigências, devemos-nos perguntar: que futuro queremos resgatar?

Programa (hora de Portugal continental):

18h20 – Introdução musical

18h30 – Discurso de boas-vindas e abertura
Palestrante: Suzanne Dhaliwal (No Tar Sands UK)

18h50 – Painel 1: As crises que conhecemos – Como as crises atuais se cruzam e como isso afeta as comunidades e os setores impactados?
Oradores: Suzanne Dhaliwal (No Tar Sands UK), Ilham Rawoot (JÁ! Moçambique), Laurie van De Burg (Oil Change International)

19h30 – Intermezzo musical

19h40 – Painel 2: O que é necessário – Como fazer a transição dos impérios fósseis do passado para as democracias energéticas descoloniais do futuro?
Oradores: Meera Ghani (Ecolise), Tatiana Garavito (Wretched of the Earth), Suzanne Jeffery (Campaign Against Climate Change)

20h35 – Encerramento musical

Para assistir ao streaming e participar da conversa, regista-te aqui:
https://app.livestorm.co/engagetv/future-beyond-crises

A justiça anticolonial é possível e futuros alternativos são viáveis!


Acção durante a Assembleia-Geral de Acionistas da SHELL

Manifestação em Haia

Na sede da Shell, vai haver uma manifestação respeitando o distanciamento social, que será em três atos (hora de Portugal Continental):

09h00 – 09h20 Ato 1: SHELL DEVE CAIR;
09h20 – 10h00 Ato 2: PORQUÊ A SHELL DEVE CAIR;
10h00 – 10h30 Ato 3: COMO A SHELL DEVE CAIR.

Manifestação Online

Para quem não conseguir estar em Haia neste dia, incluindo as que estão na linha da frente, para acompanhar os Atos que vão acontecer na porta do Shell vamos juntar-nos novamente online numa manifestação digital, através da Manif.app

Como fizemos durante a ação de Galp Must Fall, vamos encontrar-nos às 9h00 na porta da sede da Shell (podes chegar através deste link: manif.app (manifestação online), e depois fazer um passeio guiado pelas frontlines da exploração do Shell.

Para acompanhar este passeio, segue o Climáximo ou Shell Must Fall nas redes sociais para obteres as direcções.

Para mais informações sobre como participar, vê o nosso post anteior: https://www.climaximo.pt/2020/04/24/como-manifestar-se-online-how-to-protest-online/

Shell Must Fall! Manif Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr