Manifestação “Resgatar o Futuro, não o Lucro” – 6 de Junho às 17h30 na Alameda, em Lisboa

A organização da manifestação “Resgatar o Futuro, não o Lucro” comunicou hoje à Câmara Municipal de Lisboa o percurso e formato da manifestação do próximo dia 6 de Junho. A manifestação sairá da Alameda às 17h30 em direcção ao Terreiro do Paço e passando pelo Rossio, montando uma estrutura que permitirá manter sempre o distanciamento necessário entre as pessoas que participarem no protesto.

O ponto de partida da manifestação será na Alameda D. Afonso Henriques, descendo a Avenida Almirante Reis, sendo montados blocos atrás de faixas que permitem que todas as pessoas que participam no protesto manter sempre uma distância mínima de 2 metros. A organização montou um dispositivo de cuidados para assegurar as medidas sanitárias e segurança a toda a gente que participa, que incluirá a disponibilização de máscaras e gel  desinfectante para todas as as pessoas que não conseguirem trazer de casa. A manifestação é pública e todas as pessoas que não pertençam a grupos de risco da COVID19 nem estejam em vigilância activa, são bem-vindas a participar

A manifestação será organizada de acordo com os esboços em anexo.

A manifestação Resgatar o Futuro, não o Lucro, é actualmente convocada por treze organizações (A Coletiva; Associação de Combate à Precariedade – Precários Inflexíveis; Circular Economy Portugal; Climáximo; Feminismos Sobre Rodas; GAAL – Grupo de Acção Antifascista de Lisboa; Greve Climática Estudantil – Lisboa; HuBB – Humans Before Borders; Movimento do Centro contra a Exploração de Gás; Rés do Chão – Associação pelo direito à habitação; Soro Collective; TROCA – Plataforma por um Comércio Internacional Justo).

Mais informações: resgatarofuturo.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr