Climáximo apela à participação na manifestação “Resgatar o Futuro, Não o Lucro”

Subscrevemos o manifesto Resgatar o Futuro, Não o Lucro, porque já estávamos em plena crise climática antes da crise de saúde pública e continuamos em plena crise climática, e é preciso resgatar um planeta justo e habitável.

Com a COVID-19, descobriu-se que há coisas essenciais. Evitar o colapso climático é uma delas. Para isso, temos de democratizar as nossas economias, particularmente o sector energético (produção energética e transportes).

  • Em vez de resgatar os accionistas das empresas poluentes, é preciso nacionalizar estas empresas e desmantelá-las através de uma transição justa.

  • Para travar a crise climática, precisamos de reconhecer os bens e serviços essenciais como habitação, água, alimentação, saúde, educação, cuidados e energia não como mercadorias guiadas pelo lucro, mas como serviços públicos. Defendemos quotas gratuitas de energia renovável para todas as famílias, da mesma forma que exigimos habitação e alimentação dignas para todas e todos.

Estamos num momento histórico em que as entidades governamentais (locais, regionais, nacionais e internacionais) são agora actores principais económicos e vão condicionar o nosso presente e o nosso futuro. Nós não podemos ficar a assistir à História; criaremos a nossa História.

A campanha Empregos para o Clima mostra o caminho para uma boa parte desta transformação social necessária.

  • Exigimos a criação de uma empresa pública de energias renováveis, para resgatar os trabalhadores dos sectores poluentes que estão em lay-off e para acompanhar a intervenção nas empresas poluentes para desmantelá-las garantindo direitos e novos empregos para os trabalhadores.

  • Exigimos a criação de uma empresa pública de rodoviária eléctrica colectiva que articula as necessidades das regiões e garante mobilidade sustentável para todos e todas.

  • Exigimos um plano massivo de Empregos para o Clima no sector público para liderar a transição energética necessária e urgente.

É possível vencermos, e é possível vencermos tudo antes de perdermos tudo para o caos climático.

Junta-te a nós no dia 6 de Junho na manifestação para salvar as pessoas e o clima.


Mais informações: www.resgatarofuturo.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr