Radar Climático (15 de Julho)

Em 2025 a concentração de dióxido de carbono será provavelmente a mais elevada dos últimos 15 milhões de anos, segundo um artigo da Nature. No último período em que a concentração foi tão elevada, a temperatura era em média 3 a 4ºC mais quente do que agora e o nível médio do mar estava 20 metros acima daquilo que está hoje. Isto significa que nunca houve espécies de hominídeos que viveram com uma tal concentração de dióxido de carbono. Estamos já a caminhar para um novo planeta terra.

A campanha de Joe Biden para presidente dos Estados Unidos apresentou o seu plano climático. Este plano inclui a eliminação de centrais a carvão até 2035, neutralidade de carbono para novos edifícios até 2030 e melhorar a eficiência energética de 4 milhões de edifícios e 2 milhões de habitações nos próximos 5 anos. Biden propõe aumentar o investimento em renováveis, instalando 500 milhões de painéis solares e 60 mil turbinas eólicas. A task force climática de Biden recomenda ainda a adopção de “fortes padrões” para viaturas e transição de todos os autocarros escolares para fontes renováveis e produção americana. Este plano é claramente incompatível com a ciência climática e os prazos dos cortes de emissões, representando um recuo histórico em relação ao que tinham sido as propostas de Bernie Sanders, deixando intocadas questões como o fracking, novas infrastruturas e toda a indústria petrolífera americana, a maior do mundo.

Investigação aos fundos de apoio por causa do COVID nos EUA chega à conclusão de que pelo menos +$3.000M foram para +5600 empresas fósseis. Este é o número que se consegue provar, mas comoosdados não são exactos (dizem que a empresa recebeu entre X e Y de dinheiro e não o valor exacto), este é o MÍNIMO que receberam com certeza absoluta. O máximo pode ser $6.700M. Pelo menos 475 empresas receberam +$2M. Não havia qualquer tipo de restrição ambiental a este tipo de apoio, incluindo processos de condenação efectiva às mesmas empresas por violação de leis ambientais.

O investimento estimado para a modernização da linha ferroviária suburbana é de 70 a 75 milhões de euros. Vão para a extensão de 25 quilómetros e modernização da infraestrutura.

Na Polónia, o ultra-conservador de direita Andrzej Duda foi re-eleito com 51% contra 49% do candidato liberal. Fez uma campanha bastante focada nos valores “tradicionais” da família, anti-LGBTQI+, anti-aborto. É apoiado pelo partido de extrema-direira Lei e Justiça (PiS), por isso é de esperar uma deriva à direita ainda mais profunda, a la Trump se reeleito.

Finalmente o plano de António Costa e Silva – o administrador da petrolífera Partex – vê a luz. Este conta com uma série de projectos avulsos. Entre simultaneamente construir um novo aeroporto e uma nova ligação ferroviária, defender que é preciso encurtar as cadeias de abastecimento de produtos e defender a expansão de portos para o comércio internacional, o plano deste superministro mostra a necessidade de manter a agenda do lucro, enquanto se pinta de verde, tentanto simular qualquer amostra de agenda de luta contra as alterações climáticas.

Também poderás achar interessantes o seguinte artigo:

Quebrar em Caso de Emergência #7 – UE dá 137 mil milhões de euros aos fósseis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
RSS
Vimeo
Flickr