Wrap-up: 17 de Outubro – Resgatar o Futuro, Não o Lucro

A crise sanitária que agravou o desemprego, que causou uma queda inédita no PIB e que afecta diariamente com maior dureza as camadas mais pobres e desprotegidas da sociedade motivou a união de colectivos e movimentos sociais de áreas distintas, em torno do mesmo apelo a que o erário público seja aplicado na garantia de “planos reais e de apoios reais a milhões de pessoas”, de direitos e respostas às necessidades básicas, de forma incondicional, e nas condições de habitabilidade do planeta, ao invés da salvaguarda de interesses económicos de empresas privadas.

 

Para reivindicar serviços básicos universais e empregos públicos para “reconfigurar a economia para o cuidado da vida”, dezenas de organizações de sociedade civil organizaram protestos em Lisboa, no Porto e em Guimarães no dia 17 de Outubro de 2020, em pleno estado de calamidade social e climática.

Em Lisboa, mais de cem pessoas manifestaram-se da Praça José Fontana até ao Rossio, onde houve discursos por várias organizações.

No Porto, foi organizada uma concentração no Jardim da Cordoaria. A organização em Guimarães, zona muito afetada pela pandemia, optou por uma Assembleia Popular com diversos ativistas empunhando cartazes e faixas em frente à Câmara Municipal.

 


Próximos passos

Agora vamos organizar-nos para voltarmos mais fortes!

No dia 21 de Outubro, quarta-feira, às 19h00, temos a Reunião Nacional online do Climáximo em que podes saber mais sobre os nossos planos e como podes envolver-te.

Para as pessoas que vivem perto de Lisboa, temos uma Reunião Introdutória a dia 27 de Outubro às 18h00, onde vamos apresentar como funciona o Climáximo, o que fazemos, e como podes fazer parte. Depois, nos dias 7 e 8 de Novembro, temos a Formação em Ativismo Climático o dia inteiro (podes escolher o dia). Nesta formação, vamos ter sessões sobre a ciência climática, as políticas energéticas, a ligação entre a crise climática e o capitalismo. e as lutas pela justiça climática.


Mais fotos da manifestação em Lisboa


A manifestação Resgatar o Futuro Não o Lucro na comunicação social

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram
Vimeo
RSS
Flickr