Radar Climático – 10 de Fevereiro

74% da energia em Portugal tem origem nos combustíveis fósseis

Os combustíveis fósseis na Europa representam, em média, 71% do abastecimento energético. Em Portugal é 74%. Este consumo tem vindo a decrescer nos últimos 30 anos, mas ao ritmo lento de apenas 10,9% nesse espaço de tempo, uma tendência que a ser mantida é manifestamente insuficiente para evitar o caos climático. Adicionalmente, o principal motor deste decréscimo têm sido o aumento das preocupações ambientais, que são a bandeira de muitos grupos ambientais e movimentos sociais.

Justiça Nigeriana ordenou a prisão do director da ExxonMobil Nigéria por fraude

Richard Laing foi nomeado para presidente e diretor executivo dos negócios da petrolífera dos EUA na Nigéria em agosto de 2020. A 3 de Fevereiro de 2021, a Justiça Nigeriana ordenou a sua captura, depois deste se ter recusado, por três vezes, a comparecer perante os investigadores, no caso de uma alteração contratual, alegadamente fraudulenta, num valor que excede os 177 milhões de euros.

“Bazuca” europeia é “grande oportunidade” para voltar a ter indústria ferroviária em Portugal – CP

O presidente da CP apontou, no passado dia 2 de fevereiro, a denominada “bazuca europeia” como uma “grande oportunidade” para Portugal apostar na indústria ferroviária e construir no país as “mais de mil carruagens” de que precisará apenas para renovar a atual frota. Salientando que a “bazuca europeia” – um pacote financeiro de 1,8 mil milhões de euros para os países da União Europeia fazerem face à crise resultante da pandemia – é “fortemente orientada para o transporte ferroviário”. O presidente da CP considerou que será “uma grande oportunidade para voltar a ter indústria ferroviária em Portugal”, sustentando que “Esta bazuca europeia não é só para Portugal, é para Portugal e para toda a Europa. Isto significa que, muito provavelmente, os fabricantes vão ter falta de capacidade, vão ter de investir em fábricas novas e esta é, realmente, uma grande oportunidade para voltarmos a ter indústria ferroviária em Portugal”.

Sendo a ferrovia “um setor que se planeia a 10 anos”, Nuno Freitas adiantou que a empresa está “já a trabalhar com o Governo” na renovação da sua atual frota, designadamente com vista à aquisição de 117 comboios urbanos e regionais, 62 urbanos e 55 comboios regionais “para substituir comboios antigos”.

Fechou a única central de Captura de Carbono nos EUA

A Petra Nova encerrou portas no início de Fevereiro de 2021, depois de pouco mais de 3 anos de funcionamento. Nos trâmites acordados com o governo federal, o carbono capturado pela central era transportado e utilizado para campos de petróleo onde era utilizado para manter esta actividade extrativista e poluente. Com a queda dos preços do petróleo devido à pandemia, os custos de manutenção da central e a sua ligação estreita às energias fósseis, tornaram-na impraticável de ser mantida aberta. Adicionalmente, num total contrassenso ao objectivo deste tipo de práticas, foi necessário criar uma nova central de gás natural para alimentar os custos energéticos da Petra Nova. Mais uma prova de que a procura desesperada por soluções mágicas, pelas empresas de combustíveis fósseis, não é de todo o caminho para o futuro.

Twitter bloqueia temporariamente centenas de contas de utilizadores indianos a pedido do governo

A rede social Twitter bloqueou temporariamente na segunda-feira mais de duas centenas de contas de utilizadores na Índia, a pedido do governo indiano, incluindo de sindicalistas e agricultores que protestam contra a liberalização do setor, bem como de alguns órgãos de comunicação social. Desde 26 de novembro, dezenas de milhares de agricultores, na sua maioria do estado do Punjab, têm vindo a manifestar-se na periferia de Nova Deli, em protesto contra reformas governamentais que liberalizam o setor. Uma manifestação em Deli, na semana passada, degenerou em confrontos violentos entre agricultores e a polícia. Desde então, as forças de segurança detiveram dezenas de agricultores e um jornalista da revista Caravan. A Índia recorre regularmente ao bloqueio do acesso à Internet, para limitar a partilha de informação, tal como aconteceu na semana passada nos locais de protestos dos agricultores. O país ocupa o 142.º lugar no índice da liberdade de imprensa dos Repórteres Sem Fronteiras de 2020, num total de 180 países.

Efígies de Greta Thunberg queimadas em Deli após tweets sobre protestos de agricultores

Contra-manifestantes em Deli queimaram efígies da ativista sueca Greta Thunberg, depois de esta ter mostrado apoio aos agricultores que protestavam na Índia.

Thunberg ficou enredada em alegações de uma conspiração criminosa internacional contra a Índia depois de ter tweetado um “kit de ferramentas” para pessoas que queiram mostrar apoio aos agricultores. O documento incluí dicas de campanha, bem como sugestões de hashtags e conselhos sobre como assinar petições.

Glaciar esmaga barragem na Índia. Inundação matou 14 pessoas

Um glaciar partiu-se em Joshimath e destruiu uma barragem, o que provocou inundações que forçaram a retirada da população de várias aldeias. Morreram 14 pessoas e foram já resgatadas 15, de acordo com as autoridades, na manhã desta segunda-feira. Mais de 150 pessoas foram dadas como desaparecidas na sequência do acidente.

De acordo com o jornal indiano Hindustan Times, todos os desaparecidos trabalhavam na barragem, onde se encontravam cerca de 100 trabalhadores. As operações de busca e salvamento vão continuar nas próximas “24 a 48 horas”, disse Satya Pradhan, coordenador da equipa nacional de resposta a desastres. Quando o glaciar se partiu, libertou água e lama que retinha, o que fez “aumentar exponencialmente o caudal do rio”. Em consequência, “o projecto hidroeléctrico de Rishiganga, perto de Raini, ficou completamente devastado”.

Proibição de mineralização nos fundo oceânicos – uma vitória para a vida marinha, pesca e cultura

Na Austrália, a ONG Keep Top End Coasts Healthy dá as boas-vindas ao anúncio do Governo do Território do Norte, de proibir a mineralização do fundo do mar, afirmando que é uma vitória para a vida marinha, pesca e cultura na Austrália. O governo do Território do Norte declarou pela primeira vez, uma proibição temporária de três anos à mineralização no fundo do mar, em março de 2012, desde então estendeu-a duas vezes. Com a proibição temporária, que expirará em março, os Territorians deixaram claro que desejam uma proibição permanente.

Comunidades afetadas pela Portucel Moçambique recebem oferta de fogões de barro 

Vários são os membros das comunidades afectadas, que declaram não aceitar as ofertas da Portucel Moçambique, porque estas não são o que foi prometido e não contribuem em nada para a melhoria das suas vidas, considerando que o que perderam,  a sua terra e meios de vida, não é compensado pela receção de fogões, porque sem comida não têm qualquer utilidade para estes. Nunca os pediram e não querem ser alvo de publicidade enganosa por parte da empresa, fazendo parecer que de facto apoia as comunidades a quem “roubou” a terra com mentiras. Referem ainda que estas ofertas só vem exacerbar a sua situação, pois aumentam a frustração da situação que vivem diariamente, aumentando a depressão e a revolta.

Estratégia de combate à pobreza energética até 2050 entrou em vigor

A estratégia para renovar edifícios, melhorando o conforto térmico e reduzindo a fatura de energia, entrou, esta quinta-feira, em vigor, com metas de renovação de edifícios de 363 milhões de m2 até 2030, 635 m2 até 2040 e 747 m2 até 2050. Em relação à poupança de energia primária, a meta é atingir 11% em 2030, 27% em 2040, e 34% em 2050. Quanto à redução de horas de desconforto térmico na habitação, o objetivo é chegar a 26% para 2030, 34% para 2040, e 56% para 2050.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Twitter
Instagram
RSS
Vimeo
Flickr
Climáximo