Doa

JÁ PENSASTE EM DOAR PARA O MOVIMENTO DE JUSTIÇA CLIMÁTICA?

Tens vontade de contribuir, com um donativo, para o movimento pela justiça climática e não sabes como?
Aqui deixamos-te algumas sugestões.

 

DOA PARA AS ACTIVIDADES DO CLIMAXIMO

O Climáximo é um colectivo horizontal e anticapitalista que luta pela justiça climática com acção directa. A capacidade de auto-financiamento e indepêndencia financeira é essencial para podermos agir com a urgência, frontalidade e honestidade que a realidade nos obriga.

Aqui podes ver quais as actividades que estamos a planear e a executar de momento, qual o orçamento destas e como podes doar.

Comprometemo-nos a actualizar a informação regularmente de modo a poderes acompanhar toda a nossa actividade e respectivos custos.

CONTRIBUI PARA OS MOVIMENTOS SOCIAIS ESPALHADOS PELO MUNDO

Muitas das mais sólidas ​​(e bem financiadas) ONGs não oferecem grandes resultados comparado com as doações que recebem. A perceção geral do papel da sociedade civil na mudança social tem-se alterado (pelo menos) ligeiramente, e é agora comum ouvir-se que são os grupos de base e comunidades locais que devem ser apoiados, em lugar das ONGs estabelecidas. Porque acreditamos que o activismo não deve servir como uma forma de perpectuar o colonialismo damos-te algumas sugestões sobre os grupos em redor do mundo que achamos serem dignos do teu donativo.
Por isso traduzimos para ti esta lista de organizações, a maioria delas no Sul Global, que estão a fazer um trabalho importante e deveriam ser mais apoiadas. Nem todas têm meios de pagamento massificados como o Paypal, mas para cada uma incluímos a informação de contacto.

África

Centro de Informação e Desenvolvimento Alternativo, África do Sul
(Alternative Information and Development Centre)
O projeto One Million Climate Jobs do Centro conduz pesquisas importantes sobre como alcançar uma Transição Justa, longe da economia de combustíveis fósseis.
Mais informações

Organização de Desenvolvimento Pastoralista da Terra Árida, Etiópia
(Arid Land Pastoralist Development Organization (ALPDO))
Estes grupos de pastores uniram-se numa ONG indígena formalmente reconhecida para dar resposta a problemas de segurança alimentar, constrangimentos e alterações climáticas no sul da Etiópia. Eles empreendem projetos de gestão de risco de desastres que têm um impacto significativo no trabalho autónomo para as comunidades pastoris locais de Nyangatom e Dassanach. O objetivo deles é desenvolver atividades integradas de desenvolvimento que gradualmente aliviem as limitações mais sérias ao desenvolvimento e tragam mudanças positivas à condição socioeconómica das comunidades pastoris e agro-pastoris.
Mais informações
Contato: Abreham Bengosa, abrahamb@alpado.org

Centro de ação para o desenvolvimento durável das autonomias Pygmées, Camarões
(Centre d’action pour le développement durable des autochtones Pygmées (CADDAP))
Uma organização indígena que trabalha sobre questões de florestas e direitos humanos, muitas vezes em coligação com outros grupos indígenas.
Contato: ongcaddap@yahoo.fr

Centro de Direitos Ambientais, África do Sul
(Centre for Environmental Rights)
Uma organização de advogados ativistas que ajudam comunidades e organizações da sociedade civil na África do Sul a concretizar o seu direito constitucional a um meio ambiente saudável, defendendo e litigando pela justiça ambiental.
Mais informações
Contato
Doações

Earthlife Africa, África do Sul
Um grupo de justiça ambiental que busca uma vida melhor para todas as pessoas sem explorar outras pessoas ou degradar o meio ambiente, incentivando e apoiando indivíduos, empresas e indústrias para reduzir a poluição, minimizar o desperdício e proteger os recursos naturais.
Mais informações
Contato
Doações

Adaptação Baseada em Ecossistemas para a Assembleia de Segurança Alimentar, Gâmbia
(Ecosystems Based Adaptation for Food Security Assembly)
O primeiro enquadramento abrangente pan-africano e plataforma de implementação é um espaço orientado para soluções e destinado a colmatar lacunas para garantir políticas adequadas para enfrentar os desafios-chave em África: alimentação, insegurança nutricional, pobreza, desemprego, alterações climáticas e degradação. O núcleo da Gâmbia foi lançado em 2016.
Mais informações
Contato: ebafosagambia@gmail.com
Doações:
Nome da Conta: EBAFOSA Gâmbia
Número da conta: 0010014905170101
IBAN: 008201001517010129
SWIFT: ECOCGMGM
Banco: ECOBANK Gambia Limited

GrassrootsAfrica, Gana
Esta é uma organização local de apoio com foco especial em direitos humanos, sociais, género, justiça económica e bem-estar. A organização tem uma visão pan-africanista e trabalha para melhorar a vida dos pobres e desfavorecidos em África, especialmente mulheres e crianças.
Mais informações
Contato
Doações

Rede de Informação Indígena, Quénia
(Indigenous Information Network)
O IIN trabalha em questões de direitos para grupos indígenas pastoris e habitantes de florestas no Quénia.
Mais informações
Contato: http://indigenous-info-kenya.net/contact-us-2/ | iin@indigenous-info-kenya.net

Comité de Coordenação dos Povos Indígenas da África
(Indigenous Peoples of Africa Co-ordinating Committee)
Esta rede representa 135 organizações de povos indígenas em 20 países africanos e visa promover os direitos humanos dos povos indígenas, a igualdade de género e a participação na conservação ambiental.
Mais informações
Contato: ipacc@iafrica.com, hindououmar@gmail.com

Jeune Chrétien en Ação para o Desenvolvimento, Togo
(Jeune Chrétien en Action pour le Développement)
A JCAD dedica-se à prevenção e transformação de conflitos, a uma cultura de paz, à proteção de mulheres e crianças, a luta contra as ISTs, o VIH e a SIDA, e a iniciar programas de desenvolvimento comunitário.
Mais informações
Contato: jcad_ycad@yahoo.fr
Doações
Nome do banco: ECOBANK
Código Swift: ECOCTGTG
Código do banco: TG055
Número da conta: 7240141420092901
Endereço da agência bancária: Agence Adidogome, BP 3302; LOME TOGO

Oilwatch Africa
A Oilwatch é uma rede de resistência global que trabalha para impedir a expansão de atividades de carvão, petróleo e gás socialmente destrutivas e ambientalmente prejudiciais no mundo, promovendo a construção de um movimento local, nacional e internacionalmente com pessoas e comunidades afetadas e / ou resistindo às atividades de extração de combustíveis fósseis. .
Mais informações: http://oilwatchafrica.org/about-us/ Contato: kwadodzi@yahoo.fr

Aliança Pan-Africana de Justiça Climática
(Pan-African Climate Justice Alliance (PACJA))
PACJA é uma coligação continental de mais de 1000 organizações da sociedade civil e redes de diversas origens na África. Sua missão é desenvolver e promover o desenvolvimento a favor dos pobres e posições baseadas na equidade relevantes para África no diálogo internacional sobre alterações climáticas e processos relacionados.
Mais informações

1 wtCimR1RYL96tfbCo_Vm1g

Centro Integrado Rural para o Empoderamento Comunitário, Libéria
(Rural Integrated Center for Community Empowerment (RICCE))
A RICCE é uma ONG de desenvolvimento que apoia o empoderamento das populações rurais que são desafiadas por desastres, conflitos e coerção para melhorar a sua subsistência através da promoção da segurança alimentar, geração de renda, paridade de género, gestão sustentável de recursos naturais e ambiente saudável em toda a Libéria.
Mais informações
Contato: ricce2004@gmail.com
Doações

Salvar Lamu, Quênia
(Save Lamu)
A campanha luta contra um enorme projeto de carvão e mega-porto através de lobby e advocacia, formações, pesquisa e capacitação na comunidade.
Mais informações
Contato

Salve o nosso Deserto iMfolozi, África do Sul
(Save our iMfolozi Wilderness)
A rede-chave que combate o carvão de KwaZulu-Natal da África do Sul em combinação com atividades de conservação (especialmente de rinocerontes brancos) e defesa do clima é o grupo Save our iMfolozi Wilderness.
Mais informações
Doações

Aliança Ambiental Comunitária do Sul de Durban, África do Sul
(South Durban Community Environmental Alliance)
Os principais ativistas anti-petróleo baseados na comunidade da África do Sul estão a travar lutas contra a refinação de petróleo da BP, Shell e Engen e perfuração offshore pela ExxonMobil.
Mais informações
Doações

Associação de Desenvolvimento dos Povos do Sul do Omo (SOPDA), Etiópia
(South Omo Peoples’ Development Association (SOPDA))
A SOPDA é uma ONG que trabalha na zona sul da Omo da Etiópia desde 1991 em questões de segurança alimentar, educação, saúde, infraestrutura, conservação da biodiversidade e adaptação às alterações climáticas. Recentemente, a SOPDA também realizou conquistas significativas na conservação ambiental e gestão das alterações climática e diversificação de meios de subsistência para as mulheres pastoras.
Contato: Mamo Mala, jinkasopda@gmail.com | 0467750048/0916856451

Vaal Environmental Justice Alliance (VEJ), África do Sul
A aliança luta contra a maior fonte local de emissões de CO2 do mundo – a central de carvão / gás-para-petróleo da Sasol em Vaal, na África do Sul.
Mais informações

Mulheres na mineração, África do Sul
(Women in Mining)
Esta rede africana de justiça climática ecofeminista luta contra o extrativismo em todos os lugares, desde as salas das COPs das Nações Unidas até às minas de carvão do continente.
Mais informações
Donativos

Fé Mundial Malauí, Malaui
(World Faith Malawi)
A missão da World Faith é acabar com a violência religiosa e lutar contra as injustiças climáticas. Eles fazem isso mobilizando grupos de jovens religiosamente diversos para abordar os principais projetos de desenvolvimento global, regional, nacional e comunitário, concentrando-se especificamente no empoderamento das mulheres, na justiça climática, na saúde pública e na educação infantil.
Mais informações
Donativos
Endereço: PO Box 607, Lilongwe, Malawi
Nome da Conta: World Faith Malawi
Nome do Banco: ECO BANK
NUMBER da conta: 0080237002800101
Código Swift: ECOCMWMW

WorldView A Gâmbia, Gâmbia
A principal missão da Worldview é defender melhor proteção ambiental por meio de parcerias com comunidades, líderes e ilustradores de imagens em movimento, realizando pesquisas nas aldeias para avaliar as necessidades locais, promovendo fogões eficientes e organizando seminários de treino e formações sobre agrossilvicultura e plantação de árvores.
Mais informações

Contato: taalaso46@yahoo.com
Donativos
Nome da conta: Worldview – The Gambia
Número da conta: 201–101594–110
IBAN: 005–201–101594–011090
SWIFT: GTBIGB2L
Banco: Guaranty Trust Bank Gâmbia, Kairaba Avenue, K.S.M.D. Gâmbia

Ásia

Movimento dos povos asiáticos sobre a dívida e o desenvolvimento
(Asian People’s Movement on Debt & Development)
O APMDD é uma aliança regional de movimentos populares, organizações comunitárias, coligações, ONGs e redes que acreditam na transformação social que é abrangente e inter-relacionada. Exigem a responsabilização e o cumprimento das responsabilidades e obrigações dos governos e instituições intergovernamentais e, portanto, procuram transformar as relações, estruturas e sistemas económicos e financeiros nacionais e internacionais.
Mais informações
Contato

Campanha de Sobrevivência e Dignidade, Índia
(Campaign for Survival and Dignity)
Uma plataforma nacional de organizações de moradores de tribos e florestas em dez Estados que defendem a Lei dos Direitos da Floresta.
Mais informações
Contato

Conversas sobre o clima, Singapura
(Climate Conversations)
Conversas sobre o clima é uma iniciativa que visa inspirar conversas significativas que levam as pessoas a cuidar do nosso ambiente e do nosso futuro.

Mais informações
Doações

Centro de Recursos Costeiros, Índia
(Coastal Resource Centre)
O Centro, com sede em Chennai, visa fornecer apoio sustentado às comunidades costeiras para desafiar atividades destrutivas de desenvolvimento e combater o desenvolvimento insustentável, usando espaços democráticos para dissidentes e envolvimento proativo e, ao mesmo tempo, aumentar a resiliência dessas comunidades aos caprichos de um futuro incerto.
Mais informações
Contato

Environics Trust, Índia
A Environics visa desenvolver soluções inovadoras e baseadas em evidências para os problemas de desenvolvimento comunitário, que respondem à diversidade e complexidade de ecossistemas e ambientes sociopoliticoculturais específicos .
Mais informações
Contato

Grupo de Apoio Ambiental, Índia
(Environmental Support Group)
O Grupo de Apoio ao Meio Ambiente trabalha com uma variedade de iniciativas de justiça ambiental e social na Índia e no mundo. Tratam de forma proativa as questões de justiça ambiental e social, colaborando entre setores e disciplinas, mantendo os interesses das comunidades locais afetadas pelo projeto e dos ecossistemas sem voz.
Mais informações
Contato
Donativos

Federação Nacional de Hawker, Índia
(National Hawker Federation)
A NHF é uma associação de vendedores de rua em 28 estados, com 1.188 sindicatos, incluindo 11 sindicatos centrais e mais de 20 sindicatos internacionais.
Mais informações
Contato: contact@nationalhawkerfederation.com

1 vLvhuifGxTHxDG45MSiKrg

Nirmanee Development Foundation, no Sri Lanka
(Nirmanee Development Foundation (NDF))
A missão da Nirmanie Development Foundation é contribuir para a sustentabilidade da sociedade, capacitando as pessoas a acreditarem na sua sabedoria e alternativas para a atual crise social e económica.
Mais informações
Contato: nirmaneenimal@gmail.com

Movimento Filipinas pela Justiça Climática, Filipinas
(Philippines Movement for Climate Justice)
O PMCJ é uma ampla coligação nas Filipinas que trabalha com setores e comunidades vulneráveis para fazer campanha pela justiça climática.
Mais informações
Contato: pmcj2012.sec@gmail.com

1 OwHHyhGZo3hI0nwpdzA2HA

Sociedade para Conservação da Biodiversidade do Pantanal, Nepal
Society for Wetland Biodiversity Conservation (SWBC)
Contato: swbc_rai@yahoo.com

Thanal, Índia
A Thanal é uma organização que trabalha para transformar o lado tóxico da agricultura em saudável através de empresas sociais que fornecem a milhares de consumidores o acesso a alimentos seguros e nutritivos, ao mesmo tempo que melhoram a qualidade de vida de centenas de agricultores. Eles têm uma campanha nacional Save our Rice e incentivaram milhares de agricultores em cinco estados a adotar práticas agrícolas ecológicas, conservar e cultivar variedades tradicionais de sementes de alta qualidade e garantir o fornecimento de arroz orgânico aos consumidores nesses estados. Thanal também administra um Centro de Resíduos Zero.
Mais informações
Contato: admin@thanal.co.in

América Latina

Acción Ecológica, Equador
Grupo horizontal de ecologistas radicais desafiando o paradigma de desenvolvimento dominante e defendendo abordagens alternativas para responder a muitas questões da sociedade.
Mais informação
Contato: informacion@accionecologica.org

Amazon Watch
Mais informações
Contato: amazon@amazonwatch.org
Donativos

Asociación Indigena de Limoncocha, Equador
Contato: sucrecerda@gmail.com

Alter Vida, Paraguai
A Alter Vida trabalha para desenvolver e promover sistemas de gestão socioambiental com foco nos direitos humanos.
Mais informações
Contato: victorbenitez1@gmail.com | www.altervida.org.py/v4/#contacto

Censat Agua Viva, Colômbia
Mais informações
Contato: selvas@censat.org

Coletivo Viento Sur, Chile
Trata-se de um coletivo multidisciplinar, estruturado horizontalmente, que trabalha de forma holística em todo o Chile para ajudar na construção de uma sociedade sustentável e soberana.
Mais informações
Contato: carolinalagos@hotmail.com, jobymolina@gmail.com

Fundaexpresión, Colômbia
Esta ONG promove o trabalho participativo de educação e investigação nas comunidades locais da Colômbia. Os seus objetivos são capacitar os grupos marginalizados para alcançar melhores condições de vida, organização social e conservação de seu patrimônio ambiental e cultural.
Mais informações
Contato: fundaexpresion@gmail.com

Grufides, Perú
Com sede na região de Cajamarca, no Peru, a Grufides trabalha em defesa dos direitos humanos e do meio ambiente, defendendo a economia solidária, práticas ecológicas sustentáveis, o direito à água, a equidade de gênero e o diálogo intergeracional.
Mais informações
Contato

Campanha Internacional para Yasuní, Equador
(International Campaign for Yasuní)
Jovens guerreiros ecológicos que prometeram proteger o parque Yasuní, no Equador, da exploração de petróleo, defender a constituição e combater o patriarcado e o antropocentrismo.
Mais informações
Contato: https://yasunidosinternational.wordpress.com/contact-us/ | info@yasunidos.org
Donativos

Observatório de Conflitos Mineiros da América Latina (OCMAL)
Uma rede de vários grupos listados aqui, com foco em documentar conflitos de mineração na região.
Mais informações
Contato

Observatório Petrolero Sur (OPSur), Argentina
Coordenadora latino-americana da rede Oilwatch, a OPSur trabalha em questões de energia, meio ambiente e direitos coletivos com uma abordagem holística. Defendem a transição para uma matriz energética alternativa sob uma estrutura de justiça ambiental e social e seguem três áreas de Territórios Livres do Petróleo, Soberania Energética e Justiça Ambiental.
Mais informações
Contato

Observatório Latino-americano de Conflitos Ambientais (OLCA), Chile
A OLCA aconselha comunidades em conflito, para melhorar suas capacidades de gestão e garantir seus direitos ambientais. Também monitoriza os conflitos ambientais, desenvolve ferramentas de gestão para eles e investiga e dissemina informações relacionadas com a proteção ambiental e os direitos dos cidadãos.
Mais informações
Contato: observatorio@olca.cl

Plataforma Boliviana frente al Cambio Climático, Bolívia
A Plataforma trabalha para desafiar o modelo de desenvolvimento predominante e produz pesquisas e materiais sobre economia verde, direitos dos povos indígenas e mineração, entre outras questões. Eles trabalham com comunidades em toda a Bolívia e também mantêm uma presença em espaços internacionais.
Mais informações
Contato

TierrActiva, Bolívia / Colômbia / Perú
Esta rede regional emergente evoluiu de maneira diferente em cada país, mas está unida por uma visão central de “mudança de sistema, não mudança climática” e práticas de organização horizontal. O TierrActiva reúne jovens de diversas comunidades residentes na Bolívia, Colômbia e Peru:

Bolívia
Mais informações
Colômbia
Mais informações
Peru
Mais informações
Contato: tierractivaperu@gmail.com

 

Podes também ler o livro “O preço da ação climática” (The Price of Climate Action). Neste livro, Edouard Morena explora como um punhado de fundações de orientação ideológica neoliberal ajudou a estabelecer e orientar o regime climático internacional e, em particular, o Acordo de Paris de 2015. Ao olhar para as origens da filantropia climática internacional e sua evolução nas últimas três décadas, o autor examina o papel das fundações filantrópicas no debate climático internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Twitter
Instagram
RSS
Flickr
Vimeo
Climáximo