Radar Climático 14 de Abril

25 de abril regressa este ano à Avenida da Liberdade

Depois de ter sido interrompido no ano passado, devido à Covid-19, o 25 de abril vai voltar a ser assinalado este ano com uma manifestação de rua na Avenida da Liberdade, em Lisboa. Este será ligeiramente encurtado, começando na Rotunda do Marquês de Pombal e terminando nos Restauradores e não no Rossio, como acontecia.

Banco Europeu de Investimento em parceria com Portugal para acelerar o setor do hidrogénio

Foi assinado um memorando entre o Banco Europeu de Investimento (BEI) e a República Portuguesa para avançar no hidrogénio. Assim, o BEI assegura apoio financeiro, assistência técnica e consultoria.

Por um lado, o projeto do hidrogénio tem sido apresentado como a principal solução para a redução de emissões em Portugal – mesmo podendo não concretizar nada de significativo via à descarbonização. Por outro, o BEI lançou o compromisso de não investir em combustíveis fósseis.

Assim, o BEI mantém o status quo de priorizar o lucro privado em vez de um clima digno.

FMI propõe imposto temporário sobre altos rendimentos ou riqueza 

Tendo em vista o financiamento da recuperação económica face à Covid-19, o Fundo Monetário Internacional (FMI) recomenda, este ano, que os governos das economias desenvolvidas ampliem as receitas fiscais. Entre as opções está uma sobretaxa sobre o IRS (imposto sobre rendimentos particulares) ou sobre o IRC (imposto sobre rendimentos coletivos – empresas), a eliminação de buracos na tributação de capital, nos impostos sobre propriedade e sobre herança.

Isto foi apresentado numa conferência de imprensa em Washington, por parte do adjunto de Vítor Gaspar, antigo Ministro das Finanças de Portugal. Durante o seu mandato entre 2011 e 2013, este executou o plano de austeridade a Portugal, numa lógica significativamente diferente do agora proposto.

Relatório dá conta da projeção de aumento da capacidade de armazenamento de gás em 35% na União Europeia

Um novo relatório dá conta de os investimentos atuais preverem um aumento em 35% da capacidade de armazenamento de gás fóssil na Europa, nos próximos anos. A capacidade de armazenamento seria aumentada em 222 mil milhões de metros cúbicos por ano. Isto é contraditório com as metas climáticas, mesmo as do Acordo de Paris, sendo que se este fosse cumprido, ir-se-iam causar perdas de 87 mil milhões em fundos investimentos.

PSP interrompe plantação do “Movimento Mondego Vivo” na zona de “futuro campo de golfe”, em Coimbra

Foi uma ação de plantação de árvores, dinamizada no sábado pelo “Movimento Mondego Vivo – Em Defesa do Rebolim e da Portela”, no terreno que tem vindo a ser intervencionado pela Câmara Municipal de Coimbra, na zona que poderá dar lugar a um campo de golfe.

Foram ao local quatro viaturas e uma carrinha de intervenção, com diversos elementos que, posteriormente, procederam à identificação de todas as pessoas envolvidas na ação de plantação de árvores.

Greta Thunberg afirma que a COP 26 em Glasgow deveria ser adiada, dado os desequilíbrios globais na vacinação

Dada a vacinação não estar a acontecer ao mesmo ritmo pelo globo – com os países do sul global a serem vacinados mais lentamente – a ativista sueca considera que a COP26 deveria acontecer quando toda a gente puder participar nos mesmos termos.

Originalmente, a COP26 deveria ter acontecido no ano passado, mas foi adiada devido à Covid-19. Adicionalmente, Greta ainda criticou o Reino Unido por acolher esta conferência enquanto abre uma nova mina de carvão.

Amazon ganha a batalha laboral, com maioria dos trabalhadores a rejeitar a sindicalização

A campanha para criar o primeiro sindicato da Amazon nos Estados Unidos atraiu a atenção e, até, o apoio do Presidente Joe Biden, mas, por final, falhou em conseguir a maioria nas urnas necessárias para permitir a criação do sindicato. Decorrida num centro de distribuição no Alabama, cerca de 55% dos quase 6000 trabalhadores do centro de distribuição votaram: o “não” teve 1798 votos, contra 738 em apoio à sindicalização. Apesar da derrota sindical, a batalha poderá arrastar-se por muitos meses. O Sindicato do Retalho disse que vai apelar do resultado, citando esforços numerosos e flagrantes da empresa para influenciar a votação de forma ilegal.

Ativistas exortam a não fazer acordos com o Brasil sobre a desflorestação da Amazónia

A Administração de Joe Biden está a negociar com autoridades britânicas e europeias um acordo, avaliado em 20 mil milhões de dólares, para ajudar o Brasil a combater a desflorestação da Amazónia. Ativistas e várias organizações estão a alertar para o perigo deste, defendendo que apenas servirá para melhorar a popularidade de Bolsonaro. No início de abril, cerca de 200 organizações não-governamentais brasileiras e internacionais enviaram uma carta a Biden a exigir a “inclusão da sociedade civil, governos regionais, academia e das populações locais” nas negociações do seu Governo com o Brasil sobre a Amazónia. Desde que Bolsonaro tomou posse em 2019, a área florestal arrasada atingiu o recorde histórico de 10.700 quilómetros quadrados em 2019, e 9800 quilómetros quadrados em 2020, os piores números desde 2008.

Notícias sobre aviação:

O parlamento francês aprovou a suspensão dos voos internos substituíveis por viagens de comboio até 2h30

A medida foi aprovada pela Assembleia Nacional Francesa. Sempre que existir como alternativa uma viagem direta de comboio com duração de até duas horas e meia, os voos domésticos em França estão proibidos. Esta medida insere-se no combate às alterações climáticas.

Na Convenção dos Cidadãos pelo Clima, criada em 2019 pelo presidente francês, Emmanuel Macron, defendia-se que a medida deveria impor-se a todos os voos que pudessem ser substituídos por viagens de comboio de até quatro horas. Ficam também de fora da medida os voos de ligação.

Os voos de Paris para Nantes ou Bordéus serão suspensos, enquanto as viagens de avião para Toulouse ou para Nice manter-se-ão.

Em junho do ano passado, também a Áustria introduziu medidas semelhantes: proibição de voos domésticos que pudessem ser substituídos por viagens de comboio com uma duração de até três horas e um novo imposto de 30 € pago pelos passageiros nos voos que percorram distâncias inferiores a 350 quilómetros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Twitter
Instagram
RSS
Vimeo
Flickr
Climáximo