25 de Abril | Corvos fazem soar o alarme.

Hoje celebrou-se o dia 25 de Abril, com a descida da Avenida da Liberdade.

Nos 47 anos da revolução para Democratizar, Desenvolver e Descolonizar, está em falta o Descarbonizar.

É por isso que no dia 22 de Maio, teremos a nossa acção Em Chamas de desobediência civil em massa na zona do Aeroporto de Lisboa, porque não existe democracia sem um planeta digno e uma transição energética justa.

Sabe mais em em-chamas.pt!

A acção na comunicação social (Diário de Notícias):

O que os move, diz Mariana Gomes, “é sensibilizar a população para a urgência de se apostar na ferrovia em detrimento da construção de um novo aeroporto e de mais estruturas de apoio a um setor que é responsável pela emissão de uma parte muito significativa de gases de efeito estufa. Precisamos de um novo sistema de transportes públicos e acessíveis que aposte na ferrovia e crie milhares de novos empregos.” Porquê a participação no desfile do 25 de abril? Mariana, que já nasceu muitos anos depois da revolução, não tem dúvidas: “O que nos liga às pessoas que vêm aqui é : o inconformismo com o estado das coisas e, como tal, a disponibilidade para a mudança. Como bem sabemos agora, não há liberdade sem saúde e a aposta continuada no transporte aéreo está realmente a comprometer o nosso futuro a médio prazo.”

 

One thought on “25 de Abril | Corvos fazem soar o alarme.

  1. Parabéns. Coragem.
    Acreditamos na força da vontade coletiva.
    Não queremos comprometer o futuro.
    Queremos mais consciência coletiva.
    Queremos FUTURO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Twitter
Instagram
RSS
Vimeo
Flickr
Climáximo