Radar Climático – 28 de Abril

Total diz que projeto foi suspenso mas não está cancelado

A petrolífera Total disse que o projeto de gás em Moçambique não foi cancelado, mas sim suspenso até que as condições de segurança permitam o reinício dos trabalhos na província de Afungi.

Estas notícias surgem horas depois de a petrolífera ter justificado com motivos de “força maior” a retirada de todo o pessoal do norte de Moçambique, após o agravamento da violência armada, com o ataque a Palma, em 24 de março, junto ao projeto de gás.

Milhares pedem ajuda junto a projeto de gás, um mês após ataque

Um mês depois do ataque armado contra Palma, distrito dos projetos de gás no norte de Moçambique, milhares de pessoas continuam à espera de ajuda humanitária junto ao recinto de construção onde procuraram segurança, segundo a Organização Internacional das Migrações (OIM). A OIM estima que ali haja pelo menos 11.000 pessoas a precisar de “ajuda humanitária urgente”, sobretudo alimentar, a seis quilómetros a sul de Palma, Cabo Delgado.

Cimeira do Clima. Iniciativa de Biden soma promessas sem metas universais

Joe Biden deu na última quinta-feira início a uma Cimeira do Clima que contou com mais de 40 líderes mundiais.

Os Estados Unidos prometeram cortar em metade as emissões de carbono nos próximos dez anos. No entanto, estas metas são em relação a 2005, pico das emissões dos EUA, logo esta meta nem cumpriria o Acordo de Paris.

Para além disso, nem todos os países quantificaram metas. O que o Presidente dos Estados Unidos ainda não explicou é qual vai ser o plano que vai ser implementado para atingir os objetivos da neutralidade carbónica.

Identificado fosso de 5,5 mil milhões de toneladas entre emissões reconhecidas e contabilizadas

Este resultado vem de uma investigação científica que compara a diferença entre as emissões reconhecidas pelos países e as emissões contabilizadas por modelos independentes. Esta quantidade de emissões corresponde sensivelmente à dos Estados Unidos, o segundo maior emissor. Esta falha é altamente técnica, sendo a maior fatia correspondente à reeindidicação de emissões negativas através da absorção de florestas. Esta complica as contas quando se tratam de acordos internacionais.

Portugal com oitava eletricidade mais cara da UE

Considerando o período entre junho e dezembro de 2020, Portugal é o oitavo país da União Europeia com o preço mais caro de eletricidade para consumo doméstico e o décimo no gás natural. Como uma das causas, Portugal tem a terceira componente de taxas e impostos mais elevada da Europa, essencialmente devido aos designados Custos de Interesse Económico Geral.

Cravos voltam a florir na Avenida da Liberdade com o 25 de Abril

Com as habituais chaimites a abrir, a Avenida da Liberdade voltou a encher-se de cravos, após um ano de interrupção devido à pandemia. Destaque para além dos partidos e organizações habituais a presença de corvos a apontar para o site em-chamas.pt, que, segundo Mariana Gomes, são movidos para sensibilizar a população para a urgência de se apostar na ferrovia em detrimento da construção de um novo aeroporto”. Ao contrário do habitual percurso até ao Rossio, o desfile ficou-se pelos Restauradores onde houve espaço para intervenções.

Aprovada expansão de fábrica a gás para minerar Bitcoin

Foi conseguida a aprovação para expandir em mais dez mil as máquinas a minerar Bitcoin para um total de 17.700 na da fábrica de Greenridge, estado de Nova Iorque. Para se conseguir uma moeda, o processo de mineração implica ter recursos informáticos a resolver puzzles matemáticos complexos, poder de processamento e consequente consumo de energia. Este plano dependerá de produzir a energia à base de gás fóssil, o que põe em causa os objetivos climáticos do estado de Nova Iorque e aumentará as emissões de CO2 desta instalação em 14%.

Notícias sobre aviação

Francisco Pedro, também conhecido por Kiko, é acusado de desobediência civil após ter interrompido o discurso de António Costa

Aconteceu no 46º aniversário do Partido Socialista em que tentou apoderar-se do microfone, segurando um cartaz onde se lia “Mais aviões só a brincar”.  Chegou agora a acusação do Ministério Público de desobediência qualificada, punível com pena de prisão até dois anos. Agiu assim “indiferente à circunstância de, com a sua conduta, poder perturbar a ordem e a tranquilidade públicas”. O ativista diz-se tranquilo em relação à acusação afirmando “É preciso pôr as coisas em perspetiva”, refere. “Não estou tranquilo é em relação à hipocrisia das pessoas que governam, as milhas aéreas que vão entre o que dizem e o que fazem”. Mas a surpresa maior é “o facto de o projeco do aeroporto do Montijo e da expansão aeroportuária de Lisboa ainda não estarem canceladas e de as ligações ferroviárias internacionais ainda continuarem canceladas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Twitter
Instagram
RSS
Vimeo
Flickr
Climáximo